Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

A NOVA GERAÇÃO DE TURBINAS EÓLICAS

Mäyjo, 06.07.15

turbina_sapo

A Urban Green Energy, uma das empresas líder no segmento das energias renováveis, revelou recentemente a nova geração de turbinas eólicas de eixo vertical, as VisionAIR3, cujo design difere das tradicionais turbinas eólicas.

A nova turbina, que foi desenvolvida durante mais de um ano, oferece mais durabilidade e mais eficiência que os modelos anteriores. A principal novidade é que as pás a turbina não estão dispostas longitudinalmente, mas sim verticalmente em espiral. Adicionalmente, as pás são construídas com o processo de infusão a vácuo, que as torna mais eficientes, refere o Inhabitat.

“A segurança energética e as alterações são questões críticas que cada vez mais preocupam o mundo. As áreas que possuem uma fraca rede elétrica recorrem frequentemente a geradores caros e pouco eficientes para colmatarem as falhas na rede”, afirma o gestor de desenvolvimento de negócio da Urban Green Design, Jamie Myers. “À medida que continuamos a responder aos desafios energéticos de todo o mundo, a VisionAIR3 vai ser uma peça vital no puzzle que vai permitir criar melhores de sistemas de fornecimento de energia aos nossos clientes”, indica.

PETROLÍFERA CANADIANA ARGUMENTA QUE OS DERRAMES SÃO BONS PARA A ECONOMIA

Mäyjo, 06.07.15

Petrolífera canadiana argumenta que os derrames são bons para a economia

Quando a Kinder Morgan decidiu expandir a capacidade da sua pipeline – ou transporte tubular – de Alberta para Vancouver, no Canadá, teria de ter a aprovação da National Energy Board.

Para conseguir o aval deste instituto, a petrolífera utilizou um argumento audacioso, no mínimo: em caso de derrame de crude, quem fica a ganhar é a comunidade local.

“Os derrames na pipeline podem ter efeitos positivos e negativos nas economias locais e regionais, tanto no longo como curto prazo. A resposta aos derrames e a as acções de limpeza criam oportunidades de negócio e emprego para as comunidades e regiões afectadas”, argumentou a empresa, segundo o Edmonton Journal.

Este certeiro – mas invulgar – argumento foi acompanhado de uma descrição do tamanho do derrame. Assim, caso o derrame seja pequeno, a procura não será muita. No entanto, em caso de um derrame gigante, as oportunidades de resposta serão maximizadas.

Estranhamento, os governantes não ficaram convencidos com os argumentos. “Sabemos que a Kinder Morgan está a usar todos os truques do livro para tentar construir esta pipeline na nossa comunidade, mas isto é a cereja no topo do bolo – ver o derrame como algo bom para a economia local”, explicou Kennedy Stewart.

Assim, é pouco provável que esta expansão de pipeline vá para a frente.

Foto:  shannonpatrick17 / Creative Commons

A LISBOA QUE NÃO VEM NOS RANKINGS DE TURISMO

Mäyjo, 06.07.15

 elevador_a

A Lisboa que não vem nas listas

Foto: torephoto / Creative Commons